Mãe de Jorge Fernando, Hilda Rebello morre aos 95 anos, dois meses após a perda do filho

Mãe de Jorge Fernando, Hilda Rebello morreu neste domingo, aos 95 anos, após uma semana internada no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo. A atriz enfrentava um quadro de infecção respiratória e permanecia na CTI do hospital.

Segundo relatos da família em redes sociais, desde a morte de Jorge Fernando, em outubro, aos 64 anos, por parada cardíaca, estava dífícil para Hilda “se manter forte”.

Ex-professora de corte e costura, Hilda iniciou sua carreira como atriz tardiamente, por insistência do filho, ao entrar no curso do Tablado aos 62 anos. Sua estreia nos palcos aos 68 anos, na peça “Uma historia de boto vermelho”, o que lhe rendeu na época uma entrada no Livro dos Recordes, como a pessoa mais velha a estrear no teatro.

Sua primeira aparição na TV foi na novela “Que rei sou eu?” (1989), como Ama Zefa. Foi a primeira de várias participações em novelas dirigidas pelo filho, como “Rainha da sucata” (1990), “Vamp” (1991) e “A próxima vítima” (1995). Sua última participação na TV foi em “Haja coração” (2016), como Dona Marieta Pereira de Carvalho.

30/12/2019

Fechar