Guarda Municipal avalia grupamento que atende moradores de rua

O Grupamento de Atenção à População em Situação de Rua (GPOP), da Guarda Municipal de Maceió, completa este ano nove anos de existência e de atuação junto às pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social. Segundo o inspetor geral da GMM, Jerônimo Barbosa, 2019 foi um ano desafiador para o grupamento, mas também muito positivo. Responsável por cuidar de pessoas perdidas e que não têm moradia, o grupamento executa ações orientadoras e preventivas de segurança comunitária.

O trabalho é realizado em parceria entre a Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs), Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e a Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A parceria das secretarias tem como objetivo melhorar a abordagem e estabelecer uma relação de confiança com a população que está em situação de rua e, dessa forma, gerar uma ponte entre esse público específico e os serviços ofertados pela Prefeitura de Maceió.

De acordo com o inspetor geral da Guarda Municipal, Jerônimo Barbosa, as abordagens são realizadas de forma humanizada. Ele avalia o ano de 2019 como produtivo. “Foi um ano desafiador, mas de muita produção e conseguimos finalizar com êxito. Nossas ações são feitas com muita cautela, buscamos criar vínculos e ter a confiança das pessoas para poder ajudá-las, mas isso nem sempre acontece no primeiro contato”, disse.

“Todas as ações são muito importantes e marcantes, principalmente, quando se trata da condução do cidadão em vulnerabilidade para ser atendido pelos serviços ofertados pelo nosso Município, como os Centros Pops, Clínicas, Centro de Atenção Psicossocial (Caps) ou até mesmo quando conduzimos às famílias”, afirmou inspetor Francisco Lamenha, responsável pelo projeto.

O titular da Semscs, Enio Bolivar, explicou que o agrupamento continuará com as ações em 2020. “Nosso planejamento é capacitar cada vez mais os guardas que atuam no GPOP. E, se possível, ampliar as parcerias com outros órgãos para gerar cada vez mais melhorias para o projeto”, concluiu.

19/12/2019

Fechar