Crescimento do turismo em Alagoas impulsiona expansão hoteleira na capital e interior

O bom momento vivido no turismo em Alagoas, com expansão da malha aérea e liderança do estado nos rankings de vendas das principais operadoras do país, tem incentivado empresários e investidores a promover novos empreendimentos hoteleiros em terras alagoanas. Só em 2019, seis hotéis foram inaugurados e mais outros 11 empreendimentos estão em fase de construção.

 Dos seis empreendimentos inaugurados em Alagoas, metade está em Maceió, o que levou a capital a um crescimento de 6% da oferta hoteleira maceioense, com relação ao ano anterior. Já com os empreendimentos em construção em todo o estado, cerca de 5 mil novos leitos serão gerados, passando dos atuais 35.435 para aproximadamente 40 mil, crescendo 12% em relação ao número atual.

Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, essa expansão hoteleira só aumenta a responsabilidade dos gestores públicos e entidades representativas em garantir um bom fluxo de turistas no estado.

“A cada hotel que inaugura, aumenta responsabilidade do Governo do Estado, das prefeituras e das entidades em trazer mais turistas para Alagoas. Não adianta inaugurar hotel e promover a geração de empregos, se depois a cadeia dos hotéis não conseguir se sustentar. Foi o que aconteceu em outras cidades do Nordeste, com hotéis fechando em Salvador e Recife, por exemplo. Alagoas segue o caminho contrário. Nos próximos anos cresceremos 12% a oferta de leitos em todo o Estado, gerando milhares de empregos em todas as regiões”, explica Rafael Brito.

Ainda de acordo com o secretário Rafael Brito, mesmo com a evolução hoteleira no estado, crescente há quatro anos consecutivo, os índices seguem positivos e acima da média nacional. “Nossa média de ocupação hoteleira anual se supera a cada ano. Em 2019 fecharemos o ano com cerca de 74%; ano passado este número era de 72%. E isso com uma oferta ainda maior, ou seja, estamos atraindo cada vez mais turistas. A taxa média de ocupação em Alagoas é uma das maiores do país e ainda conseguimos manter uma diária média que remunere os custos do hotel e faça com que estes empresários possam continuar gerando emprego e tendo lucro para investir”, pontua.

De acordo com Milton Vasconcelos, presidente da Associação Brasileira da Industria de Hotéis de Alagoas (ABIH/AL), os investimentos do Governo do Estado em saneamento, segurança e promoção do Destino Alagoas também fomentaram novos investimentos no setor hoteleiro.

“Recentemente fizemos um estudo e apresentamos a importância de investimentos no turismo e na abertura de novos mercados para poder suprir o crescimento hoteleiro previsto. Os recentes investimentos do Governo do Estado em saneamento, ações comerciais e abertura de voos internacionais deu aos hoteleiros e investidores a segurança de investir na construção de novos hotéis. A continuidade desses investimentos é que dará vida aos empreendimentos que estão chegando. Além do mais, nossas belezas naturais, gastronomia e cultura são um forte atrativo para fazer nosso turismo crescer cada vez mais”, ressaltou.

Outros empreendimentos

Não só a hotelaria que tem crescido em Alagoas, outros investimentos de grande impacto no setor do turismo também estão em construção. É o caso do Parque Aquático Pratagy, empreendimento do grupo Pratagy, que está em obras na região Norte de Maceió, ao lado do já existente resort do grupo. Com capacidade para 600 pessoas por dia, o empreendimento tem inauguração prevista para 2 de abril d2 2020.

Ascom – 26/12/2019

Fechar